Sexta, 31 Julho 2020 04:05

Empreendedora transformou completamente seus negócios em cinco anos

Escrito por

A empreendedora Carolina Dassie se reinventou e transformou a Hisnëk de um clube de assinaturas de snacks saudáveis em uma plataforma de saúde mental

Em 2012, após dez anos de carreira no mercado financeiro, a economista Carolina Dassie, de 36 anos, começou a questionar o propósito de seu trabalho. “Percebi que o que eu fazia não tinha mais sentido e decidi empreender, mas não sabia exatamente em quê”, afirma. Quando recebeu uma proposta para ser sócia de uma startup de marmitas saudáveis, não pensou duas vezes e deu o pontapé inicial de sua trajetória como empreendedora. Infelizmente o negócio não deu certo e, depois de quatro meses, Carolina vendeu sua parte na empresa. “Foi antes do boom das marmitas, e a demanda por nosso serviço foi muito menor do que esperávamos.”

Porém, a experiência ruim não fez Carolina desistir. A profissional decidiu que continuaria no ramo de alimentação, mas dessa vez apostaria em um clube de assinaturas de snacks saudáveis. Em 2014, juntou 70.000 reais em economias, transformou um armário da sala em estoque e deu início à operação da Hisnëk. Com apenas um ano de existência, a startup já tinha conquistado 100 clientes. Em 2019, entretanto, após cinco anos de atividade e faturando 35.000 reais por mês, a Hisnëk pivotou. Há um ano a empresa lançou a IVI, plataforma de inteligência artificial que detecta e orienta os funcionários sobre questões relacionadas ao bem-estar emocional. Com isso, o foco da empresa deixou de ser as assinaturas e se tornou o serviço de assistência virtual. O ajuste de rota deu certo: o time da empresa cresceu de quatro para 13 pessoas, e o faturamento mais do que dobrou, para 80.000 reais por mês. Em março a startup também conquistou um aporte de 1 milhão de reais em investimento anjo para escalar o negócio.

Fonte: VOCÊ S/A

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.