Terça, 05 Janeiro 2021 21:00

5 dicas para montar uma vitrine interessante e atrair mais clientes

Escrito por

Há quem diga que a vitrine de um estabelecimento deve ser uma preocupação secundária. Mas, segundo os especialistas, isso não é verdade. De acordo com o SEBRAE, as vitrines estão entre os principais espaços de uma loja e são responsáveis por mais de 80% das vendas por impacto visual.

No cenário atual, em que o comércio ainda se adapta ao período de retomada das atividades, caprichar na decoração e organização da loja é um dos passos mais importantes para voltar com o pé direito e chamar a atenção do público.

Pensando nisso, separamos cinco dicas que vão te ajudar a usar sua vitrine da melhor maneira possível e deixá-la ainda mais interessante. Confira, a seguir:

1 - Conheça (muito bem) os seus clientes

É claro que você já deve conhecer o perfil dos seus clientes, mas é preciso ir além do básico se o que você deseja é deixar o ambiente da sua loja exatamente como eles gostam.

Além da idade e faixa de renda do seu público, procure ir mais a fundo e saber quais são os seus hobbies, o que gostam de ouvir, o que fazem no tempo de livre e quais são os seus produtos favoritos na sua loja. Assim, fica mais fácil escolher o que você vai destacar e como vai trabalhar as informações na sua fachada.

2 - Utilize todo o seu espaço vertical

A gente sabe que nem toda loja possui um grande comprimento horizontal para expor, e por isso é muito importante saber aproveitar o que se tem. Explore todos os espaços da sua vitrine para oferecer uma sensação de grandeza e plenitude do ambiente.

3 - Faça bom uso dos elementos visuais

Para compor um bom cenário, alguns elementos visuais são interessantes. A iluminação, por exemplo, é um dos recursos mais importantes para uma boa exposição, e tem uma vantagem: é simples e não custa caro.

Luzes bem posicionadas podem ser ideais para chamar e prender a atenção de quem passa, além de ser mais uma alternativa para destacar os produtos que você deseja que se sobressaiam na vitrine.

Lembre-se, também, que menos é mais. Por isso, fique de olho para fazer um bom aproveitamento do espaço sem poluir a vitrine, afinal, isso pode dificultar a concentração do seu público em itens específicos.

4 - Utilize a técnica PARC

Você já ouviu falar em PARC? Esta é uma sigla em inglês que, no design, reúne quatro conceitos bem simples — e que, juntos, podem te ajudar a montar a vitrine ideal.

De acordo com esse técnica, o equilíbrio entre Proximidade, Alinhamento, Repetição e Contraste é capaz de deixar qualquer ambiente harmônico e interessante.

Pensando nisso, tente deixar elementos semelhantes sempre mais próximos (e isso também vale para o interior da loja), preparando um agrupamento por categorias. Faça, também, um planejamento de onde deseja colocar seus produtos, como se estivesse criando a planta de um ambiente, para garantir que o alinhamento das mercadorias está em locais que fazem sentido visualmente.

A repetição é outro aspecto fundamental: se você utiliza determinada cor, forma ou conteúdo na loja, pense onde pode repetir esse elemento em pontos diferentes do seu comércio. Além de trazer uma sensação de "padronização", esse cuidado agrega à marca.

Por fim, aposte no contraste para fazer uma boa composição na vitrine. Pense em unir objetos grandes e pequenos ou escuros e claros, por exemplo. Contrastar é uma ótima maneira de prender a atenção e valorizar uma vitrine.

5 - Aposte em uma vitrine virtual

Além das lojas físicas, você também precisa pensar em maneiras de expor os produtos na internet e aproveitar o aumento da demanda nos meios digitais.

Fonte: https://acsp.com.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.