Sexta, 13 Fevereiro 2015 09:00

Facebook injeta US$ 10 bi na economia brasileira, aponta estudo

Escrito por

Rede social gera 231 mil empregos, conclui estudo feito pela Deloitte.

O Facebook gerou um impacto econômico global de US$ 227 bilhões e 4,5 milhões de empregos ao redor do mundo, revela o estudo feito pela consultoria Deloitte divulgado nesta terça-feira (20/1). No Brasil, a plataforma é responsável por um impacto de US$ 10 bilhões na economia local e gera 231 mil empregos.

De acordo com o estudo “Impacto do Facebook na Economia Global”, a plataforma cria oportunidades econômicas principalmente para pequenos negócios, desenvolvedores de aplicativos e empresas inovadoras.

Atualmente, 91 milhões de brasileiros estão conectados ao Facebook todos os meses e 2,1 milhões de pequenas empresas com páginas ativas. O número de brasileiros conectados a uma pequena empresa - que interagem com conteúdos publicados por elas - chega a 72 milhões de pessoas, ou 80% da base mensal. O volume é superior à média mundial, de 70%.

A análise feita pelo estudo considera três pilares:

• Marketing - impacto econômico para empresas que usam o Facebook para marketing na conexão com seus consumidores, construção de marca e para impulsionar vendas on-line e offline. Nesse aspecto, o estudo mostra que o Facebook é responsável por um impacto econômico de US$ 148 bilhões e 2,3 milhões de empregos, globalmente. Neste pilar, o Brasil é o segundo país mais bem colocado em impacto econômico (US$ 8,4 bilhões) e também em empregos gerados (189 mil), ficando atrás somente de Estados Unidos.

Alguns exemplos locais de geração de empregos incluem pequenas empresas que desenvolveram ou ampliaram suas operações com a visibilidade conquistada por páginas ou anúncios como é o caso do Ateliê de Arte by Zeuda Rebouças, de Fortaleza, que hoje emprega 15 pessoas na confecção de roupas infantis artesanais, e exporta para diversos países, entre eles Estados Unidos, Suíça, Espanha e Portugal.

• Plataforma - impacto para os desenvolvedores de aplicativos: Responsável por um impacto econômico de US$ 29 bilhões e 660 mil empregos globalmente. Essa área é destinada ao impacto de produtos e serviços de terceiros que utilizam o Facebook como plataforma. No Brasil, esse ecossistema injeta US$ 600 milhões na economia e gera 17 mil empregos.

• Conectividade – impacto criado por meio de vendas de dispositivos móveis e conectividade de internet pelo desejo de acessar o Facebook: Impacto econômico de US$ 50 bilhões e 1,6 milhões de empregos no mundo todo. A conectividade foi responsável por injetar, no Brasil, US$ 1,3 bilhão na economia e gerar 25 mil empregos.

Além dos resultados específicos do Brasil, o estudo também comenta a participação do Facebook na economia regional. Na América Latina, foram 1,43 milhão empregos gerados e US$ 21 bilhões injetados na economia local.

O estudo completo pode ser encontrado aqui.
http://www2.deloitte.com/uk/en/pages/technology-media-and-telecommunications/articles/the-global-economic-impact-of-facebook.html

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.